Blog Home / Dicas / Hipertrofia – blend proteico é vantagem?

Hipertrofia – blend proteico é vantagem?

Hipertrofia

Hipertrofia muscular é o objetivo de muitas pessoas, sejam atletas ou não.
Por isso, a informação sobre a suplementação correta é tão importante.

Hipertrofia – suplementação

O atual cenário macroeconômico implica em uma série de desafios para o consumidor de suplementos e, muitas vezes, impacta a estratégia nutricional de quem já está habituado com determinada fonte de proteína.
Mas é possível manter o aumento da performance e o ganho de massa muscular com auxílio de produtos com diferentes formulações, porém que apresentam alto custo/ benefício.
Nesse contexto, o Blend Proteico pode se tornar um grande aliado para quem busca uma alternativa para obter hipertrofia muscular.

Soja x Whey Protein

A soja e a whey protein representam proteínas completas e são suplementos representativos de proteínas vegetais e de origem animal, respectivamente.
No entanto, diferem em termos de perfil de aminoácidos, digestibilidade e cinética de sua absorção.
A proteína de soja, em comparação com a whey protein, contém uma quantidade menor de aminoácidos essenciais (AAEs) por g e, notavelmente, menos aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs).

Diferentes proteínas, diferentes ações

Tais diferenças são importantes, pois a síntese de proteínas musculares, um processo chave que regula o tamanho do músculo esquelético, é estimulada principalmente pelo aumento dos níveis de AAEs.
Quando analisamos o valor biológico, é importante o ajuste na refeição, 2,5-3,0g leucina e 10-14g de aminoácidos essenciais para alcançar uma ótima síntese proteica muscular.

Hipertrofia e dieta

Quando a suplementação de proteínas está contida de forma correta no contexto da dieta, parece que essa diferença diminui, pois as propriedades anabólicas mais baixas propostas de proteínas derivadas de plantas versus proteínas animais, podem ser compensadas por um consumo de uma quantidade maior de proteína vegetal para compensar a menor qualidade.

PhD. Felipe Donatto
Nutricionista Esportivo e Max Expert
Ms. em Educação Fisica
PhD em Ciências (ICB-USP)
Referências bibliográficas
1-Harris RC, Tallon MJ, Dunnett M, Boobis L, Coakley J, Kim HJ, et al. The absorption of orally supplied beta-alanine and its effect on muscle carnosine synthesis in human vastus lateralis. Amino Acids. (2006).
2-Dolan E, Saunders B, Harris RC, Bicudo J, Bishop DJ, Sale C, et al. Comparative physiology investigations support a role for histidine- containing dipeptides in intracellular acid-base regulation of skeletal muscle. Comp Biochem Physiol A Mol Integr Physiol. (2019).
3-Perim et al. Can the Skeletal Muscle Carnosine Response to Beta-Alanine Supplementation Be Optimized? Front. Nutr., 27 August 2019